Coren-RJ em S. José do Vale do Rio Preto

03 Maio 2013

 SAM_1469

O presidente do Conselho Regional de Enfermagem do Rio de Janeiro, Pedro de Jesus Silva, visitou na semana passada a cidade de São José do Vale do Rio Preto, na região serrana. Ao lado da coordenadora do Coren-RJ Itinerante, a conselheira Glacy Bisaggio, Pedro foi conferir de perto como está a situação da enfermagem local, sob a gestão de José Augusto Gonçalves. O novo prefeito assumiu o município há menos de um mês, após o falecimento do prefeito eleito Rosaldo Machado.

Após visitar os centros de saúde do município, o presidente e a conselheira reuniram-se com o prefeito, a secretária de saúde Eliane Cruz Vieira, a coordenadora de enfermagem do município Luciana Martins e com a Marcela Dias de Souza, coordenadora de enfermagem da Fundação Hospitalar Municipal Santa Therezinha.

Acompanhado das fiscais Silvia Canatto e Patrícia Marcato, Pedro de Jesus Silva apresentou o relatório da Fiscalização que fora encaminhado ao Ministério Público Federal, para que fossem tomadas as providências cabíveis a fim de eliminar as irregularidades encontradas nos centros de saúde. José Augusto Gonçalves e o Coren-RJ pactuaram metas para a solução dos problemas que a enfermagem enfrenta há anos no município. O prefeito e a secretária de saúde assumiram o compromisso de acatar as determinações do Conselho, inclusive garantindo a elaboração de um estudo para a implementação da jornada de 30 horas à categoria de São José do Vale do Rio Preto. O prefeito ainda ofereceu um espaço com cerca de 100 lugares para a realização dos cursos do projeto CapacitaCoren-RJ, contemplando também os profissionais da enfermagem das cidades do entorno.

Pedro de Jesus Silva saiu animado com a disposição do novo prefeito em ajustar a situação do pessoal da enfermagem:

 - O prefeito acabou de assumir o cargo, bem como sua secretária de saúde. Percebi uma boa intenção de ambas as partes de realizar um trabalho eficiente. Para tanto, disponibilizamos todos os nossos projetos, incluindo o Capacita. E, como sempre, apoiaremos todas as ações que visem à valorização da enfermagem. O importante é levar o Coren-RJ para negociar com as autoridades de todo o estado. Os gestores municipais têm que saber que a enfermagem se impõe e tem quem a defenda.

SAM_1469 

 

capacita

Chamamento Público

Codigo de Etica

minicurso

Pareceres

recadastramento

descontos

atualizacao de endereco

30 horas

eleicoes

concursos de enfermagem

concurso publico

achados e perdidos

coren movel

anjos da enfermagem

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player