18/10/2018

Campo Grande recebeu o Outubro Rosa do Coren-RJ

Todos os tons de rosa coloriram o Calçadão de Campo

Todos os tons de rosa coloriram o Calçadão de Campo Grande, na Zona Oeste carioca, nesta quinta-feira, 18/10. Foi um alerta à população sobre um assunto muito importante para a saúde e bem-estar das mulheres: prevenção e controle dos cânceres de mama e cérvico-uterino. Esta foi mais uma ação social do Coren-RJ na campanha do Outubro Rosa, mês dedicado no mundo todo ao tema.

No movimentadíssimo Calçadão, foi instalado o trailer do Coren-Móvel, todo decorado com balões cor-de-rosa, para chamar a atenção dos pedestres. Às 10h, o evento foi formalmente aberto com os acordes do Hino Nacional Brasileiro, numa interpretação da Banda Sinfônica da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, que gentilmente apoiou o Outubro Rosa do Coren-RJ em Campo Grande.

Muitas dúvidas foram esclarecidas durante todo o dia por profissionais de enfermagem da Coordenadoria Geral de Atenção Primária – CAP 5.2 (Policlínica Carlos Alberto Nascimento, CMS Dr. Mário Vitor de Assis Pacheco, CMS Belizário Senna e CF David Capistrano Filho), do Hospital Municipal Rocha Farias e do Hospital Estadual Eduardo Rabelo. A enfermagem realizou nos contatos com as mulheres a chamada busca ativa, identificando aquelas cuja situação aponta para risco iminente da doença. Ao todo, 10 casos foram identificados pela enfermagem durante o evento, e foram encaminhados com prioridade no atendimento às clínicas da Coordenadoria Geral de Atenção Primária 5.2.

A coordenadora da subseção do Coren-RJ de Campo Grande, enfermeira Cristiane Bernardo, esteve à frente a ação e comemorou a boa aceitação do público em receber orientações. “O Coren-RJ está cumprindo aqui sua missão social em abordar a população, vir para a rua, falar abertamente sobre a prevenção de uma doença que é das mais letais no Brasil. Explicar que,  se detectada e diagnosticada preventivamente, há sim grandes chances de cura”, disse a conselheira, que ainda ressaltou o protagonismo na assistência de enfermagem na prevenção e controle dos cânceres femininos.

Foram distribuídos 3 mil panfletos sobre o autoexame das mamas e 2 mil preservativos masculinos e femininos. E também uma Carta Aberta assinada pela presidente do Coren-RJ, Ana Lúcia Telles Fonseca, esclarecendo sobre o papel da Enfermagem na prevenção da doença. O texto frisa que os profissionais das Enfermagem são plenamente habilitados e amparados pela Lei  7.498/1986 e pelo Ministério da Saúde para atuarem, desde o acolhimento ao paciente à realização do exame clínico das mamas (para a detecção precoce de nódulos) e à coleta do Papanicolau (exame preventivo que detecta o câncer de útero).

A próxima ação do Coren-RJ pelo Outubro Rosa acontecerá na quinta-feira, 25 de outubro, no auditório do Hospital Municipal Souza Aguiar: uma palestra para 250 profissionais de Enfermagem, organizada pelo Programa Capacita Coren-RJ (inscreva-se e saiba mais aqui: www.capacita.coren-rj.org.br).

 

 

 

 




  • BannerLateral_codigo_etica
  • e-dimensionamento-207x117
  • add_5
  • parecer_CT2